mary costa

Menina da roça

 

Uma história bem antiga

Atual eu vim contar

De uma menina lá da roça

Que na cidade foi morar

 

Lá na roça estudava

Numa sala bem lotada

Com alunos de todas as séries

E uma professora despreparada

 

Começou a perceber

A diferença temporal

Da cidade e do campo

Algo fenomenal

 

Quando fala para o povo

Que é da época da palmatória

Todos ficam impressionados

Mas se interessam pela história

 

E logo já perguntam

Quantos anos você tem?

Antes que não acreditem!

Acredite menos de 100!!!

 

 

                            Por Mary Costa

Comentários5

  • Shmuel

    Gostei, um poema brejeiro, e o detalhe da idade foi um belo desfecho.
    Bom dia a poeta, Mary Costa!

    • mary costa

      Bom dia, caro amigo. Que bom que você gostou. Muito obrigada por ter lido. Abraços.

    • Avelino

      Muito bom.Recado dado. Parabéns

    • Maiza Chagas

      Que lindooooo.
      Que leitura gostosa...amei o final

      • mary costa

        Obrigada Maiza Chagas, fico feliz que você tenha lido. Que bom que você gostou. Beijos

      • Edla Marinho

        Ah!! Que desfecho interessante!!
        Amei seu poema /historinha, muito gostosa a leitura descontraída!
        Feliz noite, meu abraço!

        • mary costa

          OBRIGADA ELDA MARINHO, FICO FELIZ QUE TENHA LIDO E GOSTADO. ABRAÇOS.

        • Claudia Casagrande

          Adorei!
          Muito gostoso e remete lembranças
          beijos



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.