Helio Valim

Aruanã, uma tartaruga-marinha

 

Longeva enquanto permitirem,

vivo a calmaria e a tranquilidade

que me contempla a dignidade

de uma existência sem desdém.

 

Bailar com grande destreza

não minimiza o mar de incerteza

e a insegurança de um ataque vil

seja por plástico, “nylon” ou vinil...

 

Por instinto, consumo tal material,

crendo ser meu alimento natural,

para meu lamento e sofrimento.

 

Sem proselitismo, parem de sujar,

de poluir, de jogar esse lixo no mar

ou, então, serei apenas esquecimento!

  • Autor: Helio Valim (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 1 de Março de 2021 00:44
  • Comentário do autor sobre o poema: Segundo o site da Universidade Federal Fluminense (UFF), o projeto Aruanã estuda tartarugas-marinhas da Baía de Guanabara. Com o objetivo de monitorar a presença e a qualidade de vida, surgiu em 2009, no Departamento de Biologia Marinha da UFF, em Niterói e procura não só trabalhar diretamente com as tartarugas, mas também conscientizar a população da cidade através da educação ambiental.
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 11

Comentários3

  • Hébron

    Caro Helio, um poema de caráter ecológico com uma tocante súplica. A humanidade precisa demonstrar que de fato é civilizada e se conscientizar da necessidade de preservação da vida.
    Projeto de Niterói, das belas praias oceânicas... Piratininga é meu quintal!
    Abraço, meu amigo

    • Helio Valim

      Olá, Hébron. Obrigado pelo comentário preciso. Acreditava que você era mineiro de BH. Trabalhei em Niterói, até 2019, fui professor e coordenador no Centro Universitário UNILASALLE-RJ em Santa Rosa. Conheço Piratininga. Um abraço, meu amigo.

      • Hébron

        Sou mineiro de BH, mas um irmão meu tem uma casa em Piratininga

      • Claudia Casagrande

        Poema tocante, emocionante e acima de tudo, muito importante.
        Eu fico encantada.
        Fico encantada também com comentários como este do Hébron e tantos outros aqui.
        É um grande presente estar entre vocês para admirar e aprender.
        grande abraço

        • Helio Valim

          Olá, Cláudia. Obrigado pelo comentário, seu encantamento é, sem dúvida, um grande estimulo para a criatividade. Concordo, existem "comentaristas", como vocês, que vão além do simples gostei, o que colabora para o aprimoramento dos textos. Um grande abraço.

        • Ser Humano

          Poema muito concreto sobre o poder excessivo do "ser humano", na mesma linha do meu poema e Vídeopoema "Beijo da Morte".
          Gostei muito, parabéns

          • Helio Valim

            Obrigado. Concordo com o comentário, o ser humano tem que aprender a compartilhar o planeta com as demais espécies, sem agredi-las. Um abraço.



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.