PB Almeida

Amor e Carinho

Mais uma noite sozinho

Sem nenhum carinho

Você não gosta de mim

Não me engana mas nem quer admitir

Que droga é o amor

Que me viciou e me abandonou?

E eu só quero meu pedacinho do céu

Mas você é tão cruel

Nem pra fingir que se importa

Quando passo pela porta

Sou um pobre rejeitado

Um velho triste e solitário

Sem saber o que é amar e ser amado. 

 

  • Autor: PB Almeida (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 10 de Novembro de 2020 22:03
  • Categoria: Triste
  • Visualizações:

Comentários2

  • Petala_desconhecida

    Bela mensagem poeta, sua maneira de ver o amor e bastante triste, talvez encontre alguém que lhe aqueça o coração e secalhar a sua definicao de amor não seja tão triste... Força poeta e boa sorte.

    • Maria do Socorro Domingos

      O poeta capta e transforma em versos os sentimentos que o rodeiam. E você faz isso com maestria .Seja alegre ou triste, o que queremos é cantar o amor!
      Gostei, PB. Parabéns!
      Um ano novo pleno de amor e poesia para você.

    • Shmuel

      Grande poeta, PB Almeida. Sua poesia evolui a cada publicação.
      Beijos do tio.

      • PB Almeida

        Obrigada! 🙂

        Desculpa a demora pra responder kk

        • Shmuel

          Também estou meio parado. Preciso me inspirar mais.kkk



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.