Ernane Bernardo

Amor é Cura!

Amor é Cura!

/Ernane Bernardo/

 

Minha alma clama…

Meu coração grita, implora

Meu anseio me devora

Busco liberdade

Enquanto minha alma chora.

Impulso meus sentimentos

Para me livrar desse tormento.

Loucura?

Coração amargo, não chora

Nem sente amor e vai embora.

Amor com amor consola

Assim é reciprocidade.

A alma gêmea cura

Quando a alma clama…

A outra metade abraça

Quando o coração chora

Vem a recíproca e consola!

Seus acúleos protegem dos predadores.

Não para os amantes das flores

Bem-aventurados os seus amores.

Cura a alma e o coração!

Amor é cura!

  • Autor: Ernane Bernardo (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 10 de Novembro de 2020 09:41
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema:
  • PB Almeida.

Comentários5

  • lucita

    Precisamos mesmo entender que "acúleos" são necessários...
    O que é belo, nem sempre é bem cuidado e protegido.
    Linda essência do seu poema. Parabéns poeta Ernane!

    • Ernane Bernardo

      Gratidão pela leitura poetisa Lucita, concordo plenamente com vc, nem o belo é bem cuidado e protegido.

      Abraços!

    • Shmuel

      Parabéns, adorei!

      Abraços, Ernane Bernardo

      • Ernane Bernardo

        Gratidão nobre poeta Shimul, fico feliz que tenha apreciado.

        Abraços!

      • Hébron

        Belíssimo poema!
        Lindos versos, empolgante cadência e belas rimas...
        Abraço, meu amigo

        • Ernane Bernardo

          Gratidão meu caro poeta Hebron, seus comentários é sempre empolgante.

          Um forte abraço!

        • Rosangela Rodrigues de Oliveira

          Lindo Poema... o Amor cura... Amor com Amor se paga...Parabéns. .

          • Ernane Bernardo

            Bom dia Gratidão poetisa Rosangela, grato por sua leitura, sim, o amor cura mesmo, estou sentindo falta dos seus poemas aqui. Deus te ilumine sempre.

            Abraços!

          • Priscila Ribeiro

            Que maravilha!! O amor cura todas as nossas feridas, lindo poema.

            • Ernane Bernardo

              Gratidão poetisa Priscila Ribeiro pela visita e pelo comentário, sim, tenho plena certeza que o amor cura, assim como um abraço também nos passa boas energias. Bom dia.

              Abraços!



            Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.