IresCantalejo

Talvez pudéssemos tentar...


Quando sinto seu perfume
Meu corpo se arrepia
Meus olhos brilham ao te ver
É impossível esconder...
Mas não sei se eu deveria
Me lançar numa aventura as cegas
Só sei que preciso de você
E dane-se as regras...


coração dispara a boca resseca uma vontade incontrolável de tomá-la em meus braços lhe beijar
Devo resistir? De certo ! É proibido lhe amar todavia ....que se dane as regras tudo cai por terra quando encontro teu olhar


O olhar que me fascina de noite e de dia
Espero por você a muito tempo
Não posso perde-lo,
Meu desejo é te amar
Seja na cama ou no banco da praça,
Só quero sentir meu corpo no teu
E esquecer que o tempo passa
Apenas por um segundo
No nosso mundo
Onde somos e fazemos o que bem entendemos


"VAMOS TENTAR"
-Ser bom, mesmo sem ser!
"VAMOS TENTAR"
- Si Cuidar e Cuidar!
"VAMOS TENTAR"
- Si Amar e Amar!
"VAMOS TENTAR"
- Ter Paciência...
Pois é a melhor Penitência!
"VAMOS TENTAR"
- Limpar o que sujou ou não, para tentar...
Conservar o Universo Limpo, que até hoje...
Nos ama sem Tentar!
PAZ E BEM


Quando seu nome recito
Meus poros se exaltam
Meu pensamento acelera
Meu pudor se dilacera
Meu corpo e o seu
Na luz ou no breu
Fantasias me assaltam
Quando por você me excito


Já não há o que esconder
A cama bagunçada e o que sinto por você,
Que todos os dias teu corpo me guie
Por um novo caminho que desejo conhecer
Entre seus lábios e seus olhos
Perco meus sentidos sentindo apenas o prazer
O prazer de finalmente ter você.

Comentários1

  • Lilian Fátima

    Exuberante poesia de desejo, amor e intenção. Felicitações



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.