SANTO VANDINHO

"QUEM É DEUS PARA VOCÊ" (Venha dar sua Opinião, acreditando ou não)


"Meu Deus, é o Espaço Vazio!
Independente, qual seja sua Origem!
Que se explodiu em vidas...
(Brutas ou não)
Sendo o Amor...
Sua principal Criação"


Deus para mim, é o tudo e o nada,
Ele é o espaço infinito, é a vida.
É os degraus desta grande escada,
Que nos liga entre o céu e a terra.
E nos guia nesta longa jornada,
E para ele eu creio que sou,
O templo para sua morada


Deus é força e energia
Mais que tudo, menos Ele
Todo máximo emana Dele
Absoluto eu diria
O resto é perscrutaria
Sem antropormorfizar
Para que forma Lhe dar?
No Livre arbítrio dar jeito
Torna o homem mau, perfeito
O reencarna, aprende e expia.


Inteligência ou fé não é quesito
Não cabe no infinitésimo, nem infinito
Ora, arrogância mortal querer explicar
O Imensurável, paradoxo elementar
Nesse debate se quer eu insisto
Mesmo que assim eu seja mal visto
Eis aqui meu ultimato
Insisto nisso e não rebato
Seja bilhões de crentes ou ateus
Ninguém explica Deus


"Meu Deus é o Universo (Infinito)
Não gosto de chamá-lo de Deus...
Pois, soa Masculino!
E quem mais se aproxima dele...
É o Feminino!
A Fêmea mesmo, que dar a Cria e o Alimento!
Nesse Universo Tenebroso, cheio de vidas...
E sofrimentos!
Onde a Fêmea é o Verdeiro amor,
Tão procurado por todos...
Nessa Dimensão tenebrosa, cheia de tormentos"


Deus é, para mim,
a força criadora de tudo o que existe,
das leis imutáveis que regem o universo.
Acreditarmos, adorarmos, invocarmos,
ou não,
chamarmos por outros nomes,
nada o afeta ou atinge.


Incrível Deus, potente, e indizível
perto ou longe faz chegar-te bem audível
meu poema,numa prece, de Santo Recato.
Fez-se carne, por querer-me junto a Ti
Fostes a cura, o meu Doutor na UTI
Meu irmão, meu amigo, meu Pai no orfanato.


Dono do início e do fim
Senhor das terras e dos mares
E se, de coração, o buscares
O encontrarás, enfim
Sendo o alfa e o ômega,é ciente
De tudo que existe no mundo
Não há lugar tão profundo
Que Deus não esteja presente


Deus é como o ar pra respirar
Amor no coração a transbordar
E' o amigo,é o irmao,meu chão
Nada que nninguém pode pegar
É perfume de flor que todos sentem
Mas,ninguem pode capturar!
Enfim,Deus está em todos os Eus!
E consegue nos irmanar.


A dúvida ou desejo de descobrir quem é Deus,
Destrói mais do que constrói fé.
Danifica, deixa destroços,descrentes e ateus!
Acreditar é o que basta, com o coração em Javé.
Deus é concreto, abstrato, revelador e secreto!
Deus é Judeu, Muçulmano e Católico Romano!
Está em tudo, em todas religiões. É Jesus,
O Filho Santo que morreu por nós na Santa Cruz!
Mas foi com a ressurreição, que nos permitiu
O dom maior, a alegria infinita,a salvação.

Comentários1

  • Zaira Belintani

    Definir o Indefinível é como ver o invisível. A fé é a ponte que liga o mundo dos homens ao mundo de Deus. Todas as estrofes são tocantes, inspiradoras!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.