Bruh Poesias e Luz

Liberte-me

Liberte-me dessa vontade de percorrer as curvas do teu corpo

Da sede desses teus lábios que me deixam louco...

Liberte-me dessa fome de te olhar

Essa tortura me faz cada vez mais a ti me aprisionar...

Eu peço que me liberte mas querendo que me peça pra ficar

Quero sentir seu rosto em meu colo repousar,prometo não mais te fazer chorar...

Mas me liberte dessa agonia de não poder te amar

Liberte-me o desejo de sentir meus dedos nas linhas do seu corpo passear

Ao mesmo tempo me deixe sentir o desejo em suas veias pulsar e de prazer me sufocar...

Liberte-me da distância entre nossos corpos

Me aprisione na tua astúcia na cama e falta de modos...

Prometo nunca mais me aprisionar a ideia de poder me libertar...

Pois contigo sou um pássaro a voar e sem você me sinto livre mas sem lar...

Em seu íntimo quero poder navegar,nas profundezas de suas fantasias mais insanas me aventurar...

 

Autora: Bruh Luz e Poesia.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.