Insistir ou desistir?

Kakau Silva


Não sei se vou..
Não sei se volto..
Não sei se fico..
Não sei se quero..
Te esperar na beira
já não me desespera mais
e o penhasco, não me assusta mais.
Não sei se insisto..
Não sei se desisto..
Com o tempo, você virou uma memória perdida no meio de esperas.
Sumiu entre as nuvens
e cambaleou através de flores..
Pegou uma, assoprou!
Depois de conseguir o que queria da flor, jogou-a na água para que tenha a morte lenta.
o pensamento talvez não pudesse ser de mata-la lentamente, mas com o motivo de ressucitar ela.
Talvez não estejamos falando de flores…
Acho que nós não temos volta, igual a flor não teve.
Acho que nos perdemos no caminho, igual a flor se perdeu.
Acho que colocaram um fim, igual a flor teve seu fim.

  • Autores: Kakau Silva
  • Visível: Todos os versos
  • Finalizado: 28 de maio de 2024 23:00
  • Limite: 6 estrofes
  • Convidados: Amigos (usuários da sua lista de amigos podem participar)
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 23
Comentários +

Comentários1

  • Lilian Fátima

    Incertezas fazem parte do viver, cabe a cada um tomar sua atitude e assumir o que vier. Saudações pela poesia em tela. Abraços



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.