Jose Rinaldo Pinheiro Leal

Quem é você

Você é meu grito em silêncio 

Em cada sorriso que finjo ser alegria

É meu olhar disfarçado 

Que sofre calado

É meu coração sufocado

Quando quase sempre é por ti machucado

É meu luar receberto de nuvens 

Minhas noites longas 

Meu horizonte distante 

Minha luta constante 

Nos caminhos errantes 

Te amei de mais 

Te amei a ponto de me esquecer 

Te amei em silêncio 

Sem nem mesmo a Deus me maldizer 

Por isso comecei a te esquecer 

Para de amor poe ti não morrer.

 

 

  • Autor: Jose Rinaldo Pinheiro Leal (Offline Offline)
  • Publicado: 13 de Novembro de 2023 22:01
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 3

Comentários1

  • Maria dorta

    Bom tema e muito padecer por amor...para mim, o amor é fonte de alegria,prazer, enlevo do espírito ..mesmo quando não é correspondido. Mesmo assim faz bem ao espírito.

    • Jose Rinaldo Pinheiro Leal

      Sim!
      sentir algo por alguém é melhor que a alma seca sem sentimento, isso é morte .



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.