Lia Graccho Dutra

O CANTO DAS SEREIAS


Conta-se, que as Sereias viviam numa ilha mágica do Mediterrâneo, cercada por recifes
e rochedos, no Mar Tirreno.
Desde os tempos antigos,
período anterior a Odisseia de Homero,
essas Mulheres-peixe,
conhecidas como Sereias,
habitam o imaginário da humanidade.
Dizem que elas, ocasionaram o naufrágio
de incontáveis embarcações
cujos os tesouros se perderam
nas profundezas do mar.
Ceifaram vidas de incautos marinheiros
que enfeitiçados com o belíssimo canto
e o irresistível encanto das Sereias,
atiraram-se em águas perigosas
para nunca mais voltar.
( Lia Graccho Dutra )


Sereia,
se tu existes
Venhas me encantar!
Sereia,
se me encantas,
Em teu canto vou me lançar.
Menina peixe que espalhas
Pelo imenso desse mar,
Seu encanto de ternura
Que me fazes delirar.
Sons suaves dos seus lábios
Que me fazem arrepiar,
Se é real ou fantasia
Sereia,
venhas a me encantar!
***Mariany A.N. Dutra***


Já li e ouvi algumas estórias de viagens fantásticas pelos mares e oceanos, que falavam de sereias com os seus belos cantos e belezas, que encantavam e enfeitiçavam os marinheiros, levando-os ao naufrágio e `a perdição. Mas,por essas terras tropicais, uma mulher bonita e sensual também pode ser chamada pelo codinome de sereia, por atrair os olhares e o êxtase dos corações masculinos. E enfim as sereias, sendo fantasiadas ou reais, podem uma hora ou outra povoar o imaginário das pessoas.


Teu canto é kriptomita.
para os meus ouvidos
Me deixo embalar
sem resistência
Uma sereia séria
Dessas que o olhar fulmina
Uma sereia menina
Que nas pedras
vem repousar
Enquanto sonho na areia
Tua calda ganha o mar.
Bye: Shimuel


=============================
"Não quero saber das outras pessoas
Mas, (EU) acredito que existe Sereias
Como também tudo que falam que existe ou existiu
Pois, de uma maneira ou de outra
Tudo existe nesse Infinito Universo
Então Eu acredito nas Sereias...
E nos seus Cantos e Encantos"
PAZ E BEM
=========================


Linda sereia,
Metade Deusa no mar
Metade Deusa na terra
Do céu se pode ver inteira
Vindo das ondas para as areias
Se disfarçando
Entre os mortais,
Levando corações consigo
E olhos perdidos que a fitam
Descobrem a magia
De boca e calda e corpos
Perfeito...


SEREIAS
Sereias são seres lindos
Seres que vivem a brincar
Entre as espumas do mar
Nas ondas da maré cheia
Sereias vivem de longe
A curiar os humanos
Que a noite vão pescar
Cantam para desorientar
Aquele que mata o peixe
E levam os frutos do mar…
Outras histórias são lendas
Para o povo acreditar
Esses velhos marinheiros
Afundaram os tais tesouros
Baús com prata e com ouro
Marcando bem o lugar
Na esperança de um dia
Voltarem para pegar
E para ao mundo explicar
Foram culpando as sereias
Dos tais baús perdidos
Nas águas fundas do mar.
Não creio nessas histórias
Em noites de lua cheia
As sereias são gentis
E eu sempre posso vê-las
Cantando belas canções
Para as meninas estrelas.
(Leide Freitas)


O som do cântico das sereias
Em águas perigosas ecoavam
Enfeitiçando marinheiros
Que a céu aberto navegavam...
Emergiram das profundezas do mar
Cercadas por recifes e rochedos
Nas ilhas do Mediterrâneo...
Na sua exuberante beleza
Viviam de encantar...
Enfeitiçados pelo cântico das sereias
Marinheiros se atiravam ao mar
Para nunca mais voltar...
@regipoeta

Comentários7

  • Lia Graccho Dutra

    Meus queridos poetas,
    EVieira, Mary,
    Vilmar, Shmuel,
    Santo Vandinho,
    Leide Freitas e
    Reginalda,
    parceiros de poesia:

    Muito obrigada
    a vocês
    pela bela contribuição
    poética nesse mesclado!
    Ficou lindo, valeu!

    Carinho abraço,
    Lia

  • @(ND)

    Que pena, não deu pra participar, alguns dias sem adentrar na plataforma... Lindo Lia! Obrigada pelo convite!

    • Lia Graccho Dutra

      Querida poeta Neiva!

      Obrigada
      pelo gentil
      comentário!
      Feliz
      e abençoado
      Dia!

      Abraço carinhoso,
      Lia

    • Vilmar Donizetti Pereira

      Parabéns a Você Lia e a todos que participaram desse belo poema mesclado! Boa tarde! Abraços.

      • Lia Graccho Dutra

        Obrigada,
        querido poeta Vilmar:
        Pela sua parceria
        em poesias,
        pela sua valiosa
        contribuição
        nesse e nos
        outros mesclados.
        Especialmente,
        obrigada
        por esse
        amável
        comentário!

        Carinho abraço,
        Lia

      • LEIDE FREITAS

        Eu adorei participar. Parabéns a todos os poetas. Ficou realmente lindo! Uma poesia maravilhosa a várias mãos.

        Obrigada pelo convite!

        • Lia Graccho Dutra

          Bom dia,
          querida poeta
          Leide Freitas!

          Quem
          agradece
          sou eu!
          Muito obrigada,
          por ter
          abrilhantado
          esse mesclado
          com os seus versos!

          Bom final
          de semana!
          Carinhoso abraço,
          Lia

        • Sergio Neves

          SERGIO NEVES - ...gostei muito dessa tua autêntica "aula" sobre sereias...,...se bem que isso não é nenhuma novidade,...já que eu sempre gosto (bastante) de tudo o que por aqui derramas... // (PS - ...essas tais sereias "marítimas" eu ainda não tive o prazer de conhecer, não,...mas,...das "de terra firme" eu acho que ao menos uma eu posso dizer que conheci: Lia Graccho Dutra! -...pelo que erradia de encantos mil, não tem jeito, com certeza alguma sereia é...,...só pode ser! ) /// Carinhos a ti.

          • Lia Graccho Dutra

            Querido poeta Sergio:

            Já lhe convidei
            incontáveis
            vezes
            para
            você
            participar
            de um
            poema
            mesclado,
            Já considere-se
            intimado
            a participar
            do próximo!
            Combinado?!?

          • Sergio Neves

            SERGIO NEVES - ...esse meu comentário acima foi direcionado à minha querida Lia por ser ela o "carro-chefe" desse "Mesclado" ..,...mas, li todos os outros poemas com muito gosto...,...todos igualmente me encantaram...,...estão todos de parabéns pelos escritos... (...eu, particularmente, acho dificultoso escrever/versar por "encomenda"...,...e isso todos aqui conseguem fazer com maestria...) /// Abçs.

            • Lia Graccho Dutra

              Gratidão, meu querido
              poeta Sergio!
              Os seus comentários
              são únicos e especiais!

              Abraço poético,
              Lia

            • Mariany A.N Dutra (Melancolia 2)

              Lia, minha gratidão por me convidar para compor esse mesclado! Ficou lindo e encantador, como o canto e o encanto das sereias! S2

              Meu carinho! S2 um abraço!!!

              • Lia Graccho Dutra

                Querida, poeta Mary!

                Minha linda
                parente
                de coração!
                Eu que agradeço
                à sua atenção,
                carinho e bela
                contribuição!

                Carinhoso abraço,
                Lia



              Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.