O 'ESTÁGIO DA POESIA'

DAN GUSTAVO


Aviso de ausência de DAN GUSTAVO
NO


Ah, mas que sem graça é ter que 'crescer'...!
Junto às dívidas, preocupações!
Cadê aquele dengo, e bajulações?!
E ainda ter a 'barba por fazer'...!
Puxa vida, pra que que eu fui crescer...?!
E ninguém mais pra rir das reinações...
Cadê aqueles presentes aos 'montões'?!
Crescer... pro infante desaparecer!

Que coisa mais complicada é crescer...
Por em prática as quatro operações...
Dar falta da escola e reclamações!
Crescer e também ter que 'aparecer'!
Lidar com todas as complicações...
Ter que encarar outros bichos-papões!
'Crescer'... como isso foi me acontecer?!

Mas já que cresci, o que devo fazer?!
Não jogo bola ou piloto aviões...
E hoje o 'faz-de-conta' é 'tendo ilusões'!
Que 'brincadeira' sem graça é crescer!
Cresci, mas nem tudo posso saber...!
Ter que aprender com tão duras lições...
Cadê aqueles 'piques' pelos portões...?!
Ah, mas que coisa chata 'foi crescer'!

MAIS DE MIM EM:
https://gustavoreymond.blogspot.com/

  • Autor: DAN GUSTAVO (Offline Offline)
  • Publicado: 24 de maio de 2023 14:43
  • Comentário do autor sobre o poema: Eu não vou me adaptar, me adaptar/ Não vou me adaptar!/ Me adaptar!
  • Categoria: Reflexão
  • Visualizações: 12

Comentários4

  • Vilmar Donizetti Pereira

    Parabéns pelo belo poema e pelo seu aniversário! Saúde e felicidades! Boa tarde! Um abraço.

    • DAN GUSTAVO

      Obrigadão Doni...! Felicidades também meu irmão em letras! Um bom dia e volte sempre! Grato!

    • Maria dorta

      Pode reclamar como quiser,mas você cresceu e cultiva não apenas barba, cultiva valores, cresceu em inteligência e ...ainda por cima,tornou_ se poeta dos bons! Agradeça!

      • DAN GUSTAVO

        Dortinha linda.... mais uma vez obrigado minha irmã em letras! Fico grato, lisonjeado e também feliz por saber que 'crescer' serviu também pra isso daí! Para eu brincar de ser poeta e conseguir encantar algumas pessoas com essas minhas 'reinações em letras"!rs Um bom dia e volte sempre linda!

      • Sergio Neves

        SERGIO NEVES - ...pois é meu amigo...,...e assim caminhamos...,...o engraçado é a nossa sempre presente insatisfação...,...enquanto pequenos ficamos, em oportunidades diversas, a querer maiores ser,...pra depois, já "grandes" -por conta do peso de respondabilidades, sonhar com a volta no tempo, como aqui bem poetisas...,..vai entender! // ...a nossa dileta amiga Maria Dorta foi bem assertiva quando praticamente disse que tu deverias ficar contente com o teu "crescimento" porque ao menos se tornou um poeta dos bons... /// Abçs.
        .

        • DAN GUSTAVO

          Sergio Neves quanta honra, alegria e gratidão! E pois é... além do crescimento também nos acompanha esse 'paradoxozinho de estimação' que nos deparamos ao refletir e ver que o que tanto ansiamos lá trás agora nos assusta, condiciona, cobra, mas também surpreende com o que se conquista!rs Muito obrigado por sua mensagem tão linda, lisonjeira e motivadora em forma de comentário, um bom dai e volte sempre, irmão em letras!

        • Antonio Olivio

          Meu amigo Dan Gustavo!
          A sua poesia me remeteu ao passado, brincar de bola até as 09 da noite, bola de gude , pique esconde e bandeirinha , jogar bafo disputando a merenda do coleguinha , arrumar confusão por coisas tão ingênuas e brigar para fazer as pazes 10 minutos depois...
          Mas a gente cresce , aprende tanta coisa e perde tantas outras e esquecemos da criança que fomos muito rapidamente.
          Acho que escrever é de algum jeito uma tentativa desesperada de não crescer para coisas Tolas e permanecer menino para nunca parar de aprender...
          Parabéns pelo belo poema!!!

          • DAN GUSTAVO

            Toni meu irmão em letras...! Que bom que compartilhou também dessa minha breve viagem poética em forma dessa modesta reflexão poética! Você só esqueceu das saias de tergal de nossas coleguinhas da época!rs Tô brincando... mas é isso! É um tempo que não volta mais, porém em poesia tentamos resgatar esse pouco que é tudo o que lembrança nos permitir! E sendo assim, que aproveitemos esse nosso 'estágio poético' de nossas vidas! Mais uma vez obrigado pela participação, um bom dia e final de semana meu irmão em letras e volte sempre!



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.