Isel

Vou contar-vos o que penso Do Meu Mestre



Agi de forma estúpida,

Mas me senti mal,

Pois não sou uma pessoa abrupta.

Seca, rígida ou sequer imoral.

Busquei me redimir,

E fui atrás de quem eu magoei,

E meus erros admiti.

E afirmei que não mais os cometeria.

Mas ainda havia um Outro Alguém que eu precisava pedir remissão.

E remover todo orgulho que pudesse existir em meu coração.

E Aos Pés de Meu Mestre me prostrei.

Pedindo perdão total,

Pois nenhum outro tira a culpa do pecado.

E sei que os mesmos erros jamais devo cometer novamente.

Vossas ansiedades, podem entregar em Suas Mãos.

Ele Ama a mim e a ti.

Ele é nosso Eterno e Único Salvador.

  • Autor: I$EL (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 10 de Janeiro de 2023 20:06
  • Comentário do autor sobre o poema: Poesia inspirada no Louvor que Canta na minha denominação Cristã e em diversas outras. Sua mensagem é tão bela, que me tocou a fazer uma poesia. Deus os abençoe.
  • Categoria: Espiritual
  • Visualizações:

Comentários1

  • Elfrans Silva

    Que lindo esse cântico. Ouvi muito com Mateus Iensen {dono da gravadora Estrela da Manhã - Curitiba-pr), in memorian. Parabéns poeta Isel. Abraços

    • Isel

      Que legal saber disso caro amigo poeta.
      Deus o abençoe.



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.