O que eu não disse

Antonio Olivio

Eu lhe disse tantas coisas,

Muito pouco sobre mim,

Menos ainda sobre você 

 coisas, que hoje parecem bobas. 

 

Poderia ter lhe escutado mais,

A sua filosofia era fascinante:

" Deus fez o mundo , para ser mistério 

Mas tudo deveria ser revelado"

 

Saberíamos ainda mais de você,

Da habilidade com a bola ,

Com as palavras , com a memória, 

Enciclopédia da família e  muito mais...

 

Você sempre deu o ton,

Escreveu a sua história, 

Roubando sorrisos fartos 

Da sua plateia.

 

Driblou a vida assim,

Fazendo piadas das suas crises,

A luta com dois , de faca 

A corda na boca , pra escapar da morte.

 

Eu lhe disse palavras, eu sei 

Aos seus ouvidos falei 

Muito pouco do que de fato,

Queria dizer sobre você.

 

Mas também lhe disse 

Com abraços, com sorrisos ,

Te falei em silêncio 

Com os olhos cheios de amor

 

Lhe  falei te escutando ,

Degustando a tua inteligência, 

Me deixando me encantar,

Torcendo pelo seu final feliz.

 

Lhe disse em pensamento:

Me dê mais disso , que é você 

Alegrias expressadas ,

Ainda sambam nos teus calcanhares.

 

Ah meu irmãozinho, 

Batista, Batiston e Batistuta,

Zé, Cascudinho e Craque de bola,

quem sabe, mais quantos nomes tem?

 

Não lhe falei tudo eu sei 

Mas a síntese do meu sentimento 

Em atos, olhares , abraços 

Está no que, não lhe disse.

 

Com meu coração apertado 

Na estranha dor da ausência, 

Esta tua presença imensa 

Dentro da minha existência.

 

Voltei no tempo,  meu querido!

E no final de cada abraço, 

De cada sorriso e conversa, 

Acrescentei a frase: EU TE AMO.

 

Antonio Olivio 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Autor: Antonio Olivio (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 18 de dezembro de 2022 02:26
  • Comentário do autor sobre o poema: Homenagem aí meu querido irmãozinho, que transcendeu no dia 29 de novembro passado. José Batista da Silva, foi morar com Deus!!!!
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 15
  • Usuário favorito deste poema: Helena Rodrigues.

Comentários3

  • PoeTais

    Nossa que lindo, emocionante! Parabéns por saber compartilhar esse sentimento em palavras.

  • Vilmar Donizetti Pereira

    Caro Antônio olivio, linda homenagem póstuma! Parabéns! Que Deus conforte o teu coração! Um abraço, bom final de domingo!

    • Antonio Olivio

      Obrigado pelas palavras , meu caro Vilmar!!

    • Helena Rodrigues

      Boa noite, ainda não tinha tido o prazer de ler nada seu...
      Confesso que este poema de homenagem, revela tudo que lhe foi dizendo ao longo dos anos, é triste porque sofreu uma perda... Mas é bonito porque o amor genuíno está bem marcado em suas palavras.
      Abraço de solidariedade, e , é com muita satisfação que o convido para o meu grupo de amigos



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.