Maximiliano Skol

A ANGÚSTIA DA VIDA


Aviso de ausência de Maximiliano Skol
NO

Cheguei até aqui, mas com que fim
Tive essa tendência de aturar?
Com que fim procurei dentro de mim
Tantos supostos sonhos realizar?

E vejo que, afinal, me foi festim
Na minh' ânsia de vida a me ajustar
No exercício de obter  um trampolim
Por vários sucessos alcançar.

E descobri que a vida em sua avidez
Domina, com firmeza, a todos nós
Até as pedras ásperas, talvez.

E sua angústia, em toda a natureza,
Desesperada e escrava, não tem voz,
Pois a vida por si é indefesa.

Tangará da Serra,  04/12/22

  • Autor: Maximiliano Skol (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 7 de Dezembro de 2022 12:05
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários1

  • Camila Viana

    Oh vida conflituosa!! Parabéns!!!

    • Maximiliano Skol

      Querida Camila, você captou a mensagem que eu tentei transmitir.
      Muito prazer em conhecê-la.
      Agradecido pelo comentário.
      Um beijo.

      • Camila Viana

        O prazer é todo meu. Obrigada!



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.