Dr. Francisco Mello

É NISTO QUE QUERO CRER



Procuro ser educado

Contudo, pouco confio

O ser humano é sombrio

Fingido, dissimulado

Evito ser apegado

Isto é coisa de criança

Não reduzo a segurança

Nosso mundo está sisudo

Mas apesar disto tudo

Ainda tenho esperança

....................................

O universo está triste 

Cheio de ódio e rancor

Fatores que causam dor! 

Compaixão quase inexiste

Porém minha alma insiste

Na virtude acreditar

Não devo desanimar

É nisto que que quero crer

Ei de viver para ver

Que o’amor vencerá.

 

Dr. Francisco Mello – Advogado criminalista

 

  • Autor: Dr. Francisco Mello (Offline Offline)
  • Publicado: 25 de Novembro de 2022 16:49
  • Categoria: Fantástico
  • Visualizações:

Comentários2

  • LEIDE FREITAS

    Belo poema. Encantada!

    Até breve!

    • Dr. Francisco Mello

      Preza-me sobremaneira tua presença e teus registros aqui, poetisa LEIDE. Muchas gracias. Buena semana e um baita abraço

    • Maria dorta

      Enquanto houver seres como voce,vou continuar acreditando que a Humanidade ainda não está de todo perdida! Muitas vezes,com o efeito multidão podem até mostrar seu áspeto ruim, mas acredito que cada ser humano se comove ao ver outro ser humano chorando de fome,pedindo ajuda, quem não se comove vendo uma criança sofrendo,ao relento? Eu,desmorono! Ainda acredito na bondade genuína,no ser humano puro longe da malta,de influências de grupo...
      Você para mim é uma fonte de bondade humana.



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.