Carlos Natan

O mundo esta parado


Já prestaram atenção
No quanto está bagunçado este mundão
Parece girar infinitamente
E consecutivamente
Mas está todo bagunçado
E muitos andam atrasado


O mundo virou uma bagunça , só, Sim Senhor
Tem, rio, árvores, flores e deve ser assim
Nossa casa mãe terra o homem bagunçou.
Formigas recortam roseiras, mas o homem destrói o amor.
E como Sodoma e Gamorra tudo pode ruir
Todas as coisas deste lugar um dia foi sonhado,
Para todos usufrir, e assim deixar a vida fluir.
(NeivaDirceu(@ND)


O mundo está bagunçado
Triste falar mais nos samos culpados culpados pelos nossos atos humanos vivem atrás de paz?
Como paz se armas são as únicas coisa que us satisfaz?

  • Autores: Carlos Natan, @(ND), lobo Lovad
  • Visível: Todos os versos
  • Finalizado: 10 de Dezembro de 2022 16:00
  • Limite: 13 estrofes
  • Convidados: Público (qualquer usuário pode participar)
  • Categoria: Conto
  • Visualizações:


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.