Julio Cesar Franco

Sarah

"Seja…

Do sol e brasas de rubor

Tal qual sentimento ardente expressarei com clamor

Seja…

Um beijo provindo de súbito amor

Tal qual a ternura que me invade ao sentir seu toque, teu sabor.

Seja…

Guardiã dos abraços e laços forjados na vida

Tal qual protagonista de crônicas belas e de histórias magníficas.

Seja…

De intensos versos em poemas de eloquência 

Tal qual a poesia ritmada de seu corpo ao transpirar sua pura essência.

Seja…

Dos meus sonhos, a realidade.

Da minha vida, minha cara metade.

Em meus braços, minha única necessidade.

Em minha canção, minha única inspiração.

Dos ardores, o abrasamento do fogo.

Dos amores, o maior de todos.

Seja…"

  • Autor: BarbatosFranco (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 23 de Novembro de 2022 03:39
  • Comentário do autor sobre o poema: Poema dedicado a minha namorada.
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema:
  • Julio Cesar Franco.


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.