Chico Lino

A COISA


Aviso de ausência de Chico Lino
NO

A COISA

Chico Lino

 

Coisaram no Coiso

 

O Coiso se encheu de coisas

A coisa coisou

 

Do Coiso

Eram conhecidas as coisas

 

O Coiso nunca coisou

Coisa nenhuma

Que coisasse

 

Então as coisas coisaram

Como as coisas coisam

 

O povo e o país

Totalmente coisado

 

Por causa de coisinhas

Que não coisaram

Como deveriam coisar

 

Agora a coisa coisou de vez

 

Os coisinhas

Que coisaram no Coiso

Estão coisando qualquer coisa

Pro coiso continuar coisando

As coisas

 

É uma coisa não saber coisar

Que coisa!

  • Autor: Chico Lino (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 20 de Novembro de 2022 02:10
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários4

  • Lisemarie

    Coisas coisadss não são coisas que se coisem mais...

    Adorei! Bravo!!!

    • Chico Lino

      “Qualquer Coisa” do Caetano Veloso:
      Dentro mexe…

      Forte abraço…

    • JRUnder

      Achei seu poema uma coisa!
      Muito bom.

      • Chico Lino

        “Berro pelo aterro / pelo desterro / berro por teu berro / bebo o teu erro…” (Qualquer Coisa) Caetano Veloso…

        Forte abraço…

      • Rodrigo Gomes Pinto

        Que coisa ein?!

        • Chico Lino

          “Deixe de manha / nem a sanha arranha o carro / nem o sarro arranha Espanha…” Qualquer Coisa (Caetano Veloso)…

          Forte abraço, filho…

        • Hébron

          Descoisando as coisas mal coisadas na esperança de que coisas melhores virão, coisas boas virão, coisando-se diferentemente...
          Grande abraço, Chico Lino

          • Chico Lino

            Valeu, Hebron…
            Quiseram fazer da gente, qq coisa… vamos mostrando que as coisas vão se definindo em coisas valorosas…


            Forte abraço…



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.