Marçal de Oliveira Huoya

Gala

Alguns amores exigem cuidados

Outros não

Há que se vestir para ocasião

Segunda a etiqueta dos encontros

Ler o convite soletrado

Para que possa entrar no salão

Favor vestir traje de gala

Vai esperar sentado na sala

Enquanto chegam outros convidados

Veja, aquele entrou de bermuda

Em mangas de camisa

Ah! Mas ele não precisa

Só os amores são obrigados

A aparatos e enfeites

Mas sem ter direito a deleites

Melhor ficar conformado

O amor impõe exigências

Para manter as aparências

É bom que se conforme

E aceite...

 

 

 

  • Autor: Vênus (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 27 de Outubro de 2022 22:43
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.