Wollfgirl

A carta

Na carta ele dizia tudo

Todo o amor que sentia por ela

Todo o amor que ele tinha do mundo

Ressaltava o quanto ela era bela

 

Pobre moço, ele não sabia

Que as cartas que escrevia todos os dias

Eram ignoradas, jogadas no canto

No canto da sala, então eu sempre lia

 

Ele escrevia as poesias mais puras

Destacando sua energia e carisma

Enquanto ela ignorava de forma burra

Eu respondia com9o se fossem para mim mesma

 

Moço ela não te ama!

Era o que eu dizia nas entrelinhas

Ela sempre levou a fama

Mas as palavras eram minhas

 

Sei que é cruel manter viva a tua esperança

Mas jamais teria coragem de admitir 

Pois prefiro essa temporária aliança

Do que ver o meu amor partir

 

 

  • Autor: Wollfgirl (Offline Offline)
  • Publicado: 18 de Outubro de 2022 11:40
  • Categoria: Amor
  • Visualizações: 17

Comentários2

  • Debora Vasconcelos

    Um amor oculto.

  • Shmuel

    Puxa que belo enredo poetico.
    Abra├žos!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.