LEIDE FREITAS

QUINTAL!

QUINTAL!

 

Preciso de quintal

de árvores e flores

preciso de cores

para eu apreciar.

Preciso de grama

de terra para pisar

me energizar

nessa mãe primeira.

Preciso de verde

para respirar 

um pouco de ar 

com suave cheiro 

de raízes e folhas

de verde hortelã

de capim santo

Cheiro de orvalho

da madrugada

de terra pisada 

Tomar um café

sentindo a brisa

nos cabelos

e no corpo inteiro

um pouco de sol.

Ah! Um quintal

é um micromundo

tenho um só meu

em uma cidade

de pouquíssimo verde

e de infinitos cinzas.

 

Aurora: Leide Freitas @leidefreitas.luz

Ilustradora: Alice Veiga @olhalice.art

 

  • Autor: LEIDE FREITAS (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 23 de Setembro de 2022 12:40
  • Comentário do autor sobre o poema: Um desafio feito pelo Club Escreva. Escrever a partir de uma ilustração. Observem a ilustração e opinem. Que tal? Me saí bem?
  • Categoria: Ocasião especial
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema:
  • Shmuel.

Comentários4

  • Vilmar Pereira

    Mesmo que seja em uma cidade, um quintal pode suavizar a falta de um espaço maior do campo. E amenizar a poluição, o estresse com os seu aromas e frutos. E a sua inspiração a partir de uma ilustração ficou sensacional! Você se saiu muito bem! Um abraço e tenha uma boa tarde

    • LEIDE FREITAS

      Sim, um quintal já ajuda muito a melhorar o clima. Obrigada por tua leitura e apreciação.
      Moro em um apartamento sem varanda. Sinto falta de verde. O meu sonho é morar em uma casa térrea com quintal e jardim.

      Boa noite, caro poeta Vilmar Pereira!

    • DAN GUSTAVO

      Lindo, terno, bucólico, idílico... o que todo poeta precisa! Um quintalzinho, 'cercadinho poético' pra chamar de seu! Jardins secretos já temos, né, Leidinha?!rs Muito bom e é assim mesmo que a poesia nasce... ou onde ela já se encontra! Nas imagens, impressões, ilusões ou simples ideias! Já escrevi muitos poemas assim! Um ótimo final de semana, minha irmã em letras!

      • LEIDE FREITAS

        Concordo plenamente! Temos nossos jardins secretos... Obrigada por tua leitura e apreciação.

        Boa noite, caro poeta Dan Gustavo!

      • Maria dorta

        Muito bom! Você traduziu com arte poetica e beleza a expressão da pintura!

        • LEIDE FREITAS

          Obrigada por tua leitura e comentário. É bom saber que o poema e a pintura combinam.

          Boa noite, cara poeta Maria Dorta!

        • Antonio Olivio

          Que lindo Leide!!
          Senti o frescor da primavera em cada verso!!!

          • LEIDE FREITAS

            Verdade? Isso me deixa completamente feliz. Obrigada por tua leitura e comentário.

            Boa noite, poeta Antonio Olivio!



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.