CRIS VALADA

TEU OLHAR...

Teus olhos

Meu precipício 

Que me atiro 

Sem medo

De voar 

 

Penetrando 

Nestas íris 

Me aprofundando 

No teu Olhar...

 

Tua alma

Simplimeme 

Me a calma

E me faz 

Viajar

 

Como é bom

Olhar nos teus olhas

 

E ver a beleza do teu

Olhar...



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.