CRIS VALADA

PRAZER

Me queima feito chama

Estremeço com seus toques

 

Suas mãos passeiam pelo

Meu corpo

E o desejo se instala

Em mim

 

Quando nossos corpos 

Se juntam

Sinto o toque de sua alma

 

Em todo meu ser

Ês a tentação 

Da minha vida

 

E nesta sina de te amar

E te querer

Flutuo no espaço 

Infinito do prazer....

 



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.