Ana Vilarejo

Passeio na noite

Passeia na noite

O meu olhar
Às lembranças

De uma dança
Sem par

Fogueira

Nas chamas
As cinzas

Agora é brisa
No vento

Reluzente
Renasci

Fênix...

_ Ana Vilarejo

  • Autor: Ana Vilarejo (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 1 de Julho de 2022 21:45
  • Categoria: Fábula
  • Visualizações:

Comentários1

  • luiz fernando (escultor de sonhos aprendiz)

    escreves com a alma, menininha
    parabens
    a brisa
    o vento
    e teus cabelos
    a dança sem par
    voce a sensualizar
    e nunca passando despercebida
    te criando e recriando em pensamentos
    mais que um segredo
    em sonhos irreais de um menino velho bobo
    simplesmente sonhador
    desculpe-me, falei demais....
    cuide-se sempre

    • Ana Vilarejo

      Ah! Sou imensamente grata Luiz
      seja sempre bem vindo e receba o meu abraço!
      Boa noite e boa semana!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.