Carlos Lucena

PROSA

PROSA

Abraços
Laços
E fracassos
Falsos!
Risos
Precisos
E indecisos.
Lisos!
Aplausos
Causos
E arrasos. Atrasos
Tramas
Dramas
E somas
Lamas!
Discursos
Cursos
E recursos
Fluxos!
Afagos
Bagos
E magos.
Embargos!
E assim vão
Em vão 
Mas com a mão
Mostrando o riso
E escondendo pão!

Comentários1



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.