Barbara Guimaraes

A vida me deu asas...

Bom dia com poesia de liberdade... só aprende a voar, quem aprendeu a desapegar...

A vida me deu asas...

Vivi tudo que tinha direito
Perdi pessoas, amores...
Vida agitada, tumultuada... 
tive dias ensolarados e dias nublados... 
mas a vida me deu guarida
  e me deu asas coloridas...
Veio a idade a maturidade...
A bolsa ficou mais leve
O passo ficou mais curto 
Os prazeres não  são os mesmos...
Com asas coloridas, vivo de poesia 
da magia, do trabalho da psique 
que todo dia... 
desperta a alma...
Livre, leve... soltei a corda do cais,
 coloquei uma vela no meu barquinho
 de papel e assim sigo em paz!
Se tenho asas para que ficar pousada?
Se tenho um barco à  vela por quê ficar ancorada em qualquer  porto...
 nos ares, ou nos mares, cada
 dia mais longe vou... 
até  que não  voltarei mais... 
missão cumprida, recebo
 o troféu ? da vida! 

Bárbara Guimarães 
D/A9610

  • Autor: Bárbara eu sou (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 14 de Abril de 2022 12:43
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários2

  • Maria dorta

    Bela reflexão,quase auto biografia. Tudo na vida passa ...até nos! Mas,deixa lição. Quem souber ler, aprenderá e se libertará. Continue a desfrutar da vida e a produzir seus poemas. Chapéu!

  • João Jorge o Poeta Sorridente

    Muitíssimo bom e descritivo Poema, este seu
    'A VIDA ME DEU ASAS'.
    PARABÉNS amiga e Senhora! ---

    Continue sempre VERSANDO
    Com a sua beleza em MÃO
    E em sua criação VOANDO
    Nas asas de seu CORAÇÃO



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.