Elfrans Silva

A BELEZA DOS TRIGAIS

A BELEZA DOS TRIGAIS 

Já vi a imagem celeste refletindo no mar
Vi pagarem promessas beijando o Santo
Já vi revoada de aves sob a luz do luar
E vi alegria da volta entre riso e pranto


Já vi chuva de luzes de estrela cadente
Vi a criança febril dormitar no acalanto
Já vi a flauta do mago domando serpente
Vi maltrapilho sorrir sem teto, sem manto


Já vi a rosa se abrir na manhã orvalhada
Vi a Bela dormir com um beijo de encanto
Já vi cantar Rouxinol na primavera florada
E vi a sereia trovar o marinheiro com canto 

 

Já vi eterna paixão oculta nos madrigais
Vi a musa das telas exalando quebranto
Já vi cumprir-se na terra, divinos sinais
Vi as coisas incríveis, excelsas, portanto 

 

Eu apenas não vi as minhas íris carnais
Relegando você no que viso e decanto
Subestimo a razão enlouquecido demais 
Com dotes de homem e o siso de infanto


Por Deus! Muito além da fulgência do sol,
Da beleza da lua ao esmaecer no arrebol 
Das rimas ceifadas nos versos que planto 

De tudo na vida, eu não comparo, jamais
Quando caminhas pelos dourados trigais...
És mil vezes mais bela...e mais outro tanto

Comentários3

  • Maximiliano Skol

    Você, meu prezado Elfrans, com a fluidez dos seus belos versos conseguiu estimular-me à percepção imaginária da beleza de sua personagem entre os trigais. É uma visão digna da sua habilidade poética.
    Um forte abraço.

    • Elfrans Silva

      Seus olhos poéticos tem um alcance fantástico, meu nobre poeta Max. Pois você vê exatamente a figura central deste tema, embora as belezas extraordinárias aqui descritas, são, aos olhos carnais, quase inacreditáveis de serem reais. Tua percepção, sem dúvida, tem o mover do teu coração. A alma do poeta perscruta o mais profundo. Por isso te admiro naquilo que fazes. E agradeço de coração as suas palavras. Grande abraço. Feliz noite

    • Zaira Belintani

      Elfrans Silva,
      Já vi que o poeta completo
      Tece versos com rima, métrica e com poesia. Você é mestre!
      Abraços!

    • Elfrans Silva

      Zaira, querida, que bênção receber teu comentário neste poema também. É gratificante saber que tais versos passou pelo crivo de uma poetisa e foi aprovado.
      Me sinto imensamente feliz por opinares nesse poema. Enriqueceu, e muito, essa história versada e com rimas, como você mesma disse. Bjs no teu coração e uma adorável noite de paz. Gratidão e meu abraço.



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.