Janderson Shady

Carta ao ex-amor

Eu estava conformado com a solidão sabe?
Não tinha interesse em ir à procura de alguém,
Para mim já era algo distante, supérfluo.
Contas pagas, estudo ,hobbies, já tenho o que preciso
25 anos e nenhum relacionamento,então para quê tentar?


Despretensiosamente,
Sem querer querendo,
Você surgiu,
Deslumbrante, generosa ,simples e confusa.
Tirando-me deste quarto solitário e confortante,
Refutou minha maneira de viver .
E como foi bom estar errado,
Estar ao seu lado,
Se importar com alguém,
Amar e ser amado, desejar e ser desejado.

 


Habituei-me a este novo viver ,
Tornastes protagonista deste mundo.
Acordava e você era meu primeiro "bom dia".
Chego a pensar,
Quantas mensagens e emotes bobos enviei?
Quantos sorrisos eu deixei escapar ao ver suas mensagens?
Quantos "como foi seu dia?" eu perguntei?
Nossas brincadeiras, elogios e momentos ardentes.
Ações do cotidiano monótonas, com você se tornavam mágicas.
Você foi o mais próximo da felicidade que cheguei.
 

Só que você partiu depois de uma tempestade na sua vida.
Aquela ligação de despedida ainda está gravada no meu subconsciente,
Você disse que "não estava pronta" e nos agradecemos pelos momentos,
Apenas consenti , não questionei sua justificativa.
Desliguei a ligação , a última , e como demorei para entender.
Que nunca mais nos falaríamos, 
Que não te abraçaria,
E meus "Bons dias" cessariam.

 


E quando compreendi, eu quebrei.
Os meus hobbies não me entretinham,
Os estudos não me ensinavam,
As contas pagas eram indiferentes.
Apenas mergulhei num mar de perguntas ,
Proferi ofensas a um Deus que sequer acredito,
Experimentei o desespero e a solidão em sua plenitude.
É querida, você me deu mais "primeiras vezes".

 


Neste momento estou vendo a luz do fim do túnel,
Não sinto sua falta como antes, Não te enxergo com paixão,
Deletei suas fotos, descartei mensagens.
Estou liberto dessas correntes de luto.
O regozijo de não precisar de você traz alívio.

 


Não faço ideia de onde está ou o que faz.
Mas ainda te agradeço pelos bons momentos.
Creio que você não foi sincera ao ir embora.
"Não estar pronta" foi um pretexto ,suponho.
Você apenas não queria tentar um relacionamento distante,
Não importa o que eu fizesse, já estava fadado ao fim.
Enxergo isso sem ressentimentos.
Se estou certo ou errado ? É algo indiferente agora.
Passar bem , meu ex-amor.

 

  • Autor: Janderson Shady (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 6 de Janeiro de 2022 10:34
  • Categoria: Carta
  • Visualizações:

Comentários2

  • Anny

    Que triste, sua carta ao ex amor. Às vezes não estamos no plano das outras pessoas, a desculpa são tantas. Todos já passamos por isso. Que bom que está superando. Ficam as boas lembranças. Um lindo dia para você, muita inspiração!

  • Lara Machado

    Lindo poema! Que bom que as lembranças são eternas e cada dia é um novo capítulo cheio de surpresas!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.