Sandro Paschoal Nogueira

SAPATOS DOURADOS

#SAPATOS #DOURADOS

Deixe ir as roupas que não servem...
As roupas remendadas...
Os sapatos apertados...
Os móveis quebrados...

Deixe ir as promessas não cumpridas...
As juras mentirosas...
As palavras repetidas...

Deixe ir o que tira o prazer das noites...
A angústia da rotina de novos dias... 
O que atrapalha seu caminhar...
A amizade oca...
A palavra mal dita...
Que mata lentamente nossas fantasias...

Deixe ir os que lhe perseguem...
Aqueles de falsos sorrisos...
Os invejosos...
Falsos amigos...
Deixe-os ir...

Deixe ir as lembranças que machucam...
Deixe ir as histórias de tropeços...
Calce sapatos dourados...
E faça na vida...
Um novo recomeço...

Sandrinho Chic Chic 

facebook.com/conservatoria

Comentários2

  • Junior

    Esplêndido, belíssimo poema e mensagem.

  • Maria dorta

    Bons conselhos embrulhados num belo poema. Aplausos!

    • Sandro Paschoal Nogueira

      Fico muito feliz por ter apreciado.
      Desejo um ótimo ano novo com muita saúde e paz.



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.