Isel

Meu Refúgio Mental

Em minha mente, existe um refúgio de fantasia,

Onde ao imaginar, entro neste mundo num toque  de magia;

Neste universo mítico, há uma imensidão de criaturas,

Umas límpidas e outras impuras.

Com reinos e vilarejos,

Contendo pessoas com desejos.

Eis que o Guardião das Sete Chaves está a combater,

Aquele satã que não nos deixa viver!

Ele o combate com as sete chaves,

Jogando-as nos sete mares.

 

Na Aurora da noite, o Bardo cantará,

Ouvindo sua canção com a noite a contemplar.

Gerações passarão, mas as canções do bardo permanecerão.

 

Fugindo das noites de trevas, 

O Mago encontrará um novo sol,

Para que seja seu guia, seja seu farol.

 

E os anões da vila de Gandor,

Eles que trabalham até se encherem de pó.

Eles que dançam a favor do vento e do fogo.

Num belo e divertido jogo,

Somente para agradar os bravos Lordes.

  • Autor: I$EL (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 28 de Dezembro de 2021 19:28
  • Comentário do autor sobre o poema: Poesia inspirada nas minhas canções favoritas das bandas Helloween, Rhapsody Of Fire e Blind Guardian. Ouvir suas canções é se refugiar longe dos problemas e adentrar no seu mundo de fantasia. Espero que gostem da minha humilde homenagem. *Keeper Of The Seven Keys *The Bard's Song *The Magic of the Wizard's Dream *The Village Of Dwarves
  • Categoria: Fábula
  • Visualizações:

Comentários2

  • Shmuel

    Gostei deste reino de figuras míticas.
    Abraços,

    • Isel

      Obrigado Caro Poeta 🙂

    • Ernane Bernardo

      Belas inspirações, gosto dessas inspirações, boa noite, um forte abraço.

      • Isel

        Bom saber caro amigo amigo poeta.
        Boa noite!



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.