... poeta do cerrado ... Luciano Spagnol

Ser-se Poeta



Ser-se poeta é ser-se sentimental
(- ou mais do que piegas talvez...)
É pôr-se no romantismo especial
E ter a sofrência nunca em escassez

É devanear sem arrecadar nada
Consciente da redoma lhe posta
Nos versos da poesia traçada
Estar sempre em busca de resposta

É saber rir e chorar sem por nome
Ter no olhar um querer por alguém
Um amor que sempre lhe consome
E uma trateia que o leva para além...

É enredar com perfume a dor
E acha-la formosa e humana
Porque lhe faz eterno amador
Com sensações de rara porcelana

Ser-se poeta é ser-se sonhador!

© Luciano Spagnol - poeta do cerrado
15/05/2020 - Triângulo Mineiro

copyright © Todos os direitos reservados.
Se copiar citar a autoria – Luciano Spagnol

#lucianospagnol #poetadocerrado #poesiaempauta #cerradogoiano #cerradomineiro #araguarino #mineiro #triangulomineiro #sertaodafarinhapodre #youtuber #videopoetico #canaldoyoutube #poeta #sersepoeta #diadopoeta 

Comentários1



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.