PB Almeida

Meu Pequeno Bailarino

Meu pequeno bailarino

Amanhece mais um dia que não te tenho em meus braços

Me pergunto por onde andas

Onde é que tu danças?

O amor pode ser um vício? Tem cura? 

Se eu te amasse um pouco mais seria loucura

 

Meu pequeno bailarino

Fecho meus olhos e te vejo nítido e exalto

Dançando na rua como se fosse um palco

E o mundo sua audiência

Balançando de um lado para o outro

Eu começava a andar torto, me sentindo embriagado

Não sei se eram seus movimentos ou perfume que me deixaram ludibriado

 

Meu pequeno bailarino

Quero te por em meu bolso e te levar comigo

Te contaria mil histórias pelo caminho

Mas como um pássaro você voa livre 

E eu sou apenas uma árvore onde você pousou por um dia

Descansou suas asas, fez de mim sua moradia

E foi embora deixando apenas uma saudade que talvez virasse poesia.

  • Autor: PB Almeida (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 25 de Novembro de 2021 23:47
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:

Comentários8

  • Shmuel

    Ficou lindo! "Meu pequeno bailarino" ainda insiste em bailar na minha mente. Mesmo tendo lido o poema três vezes.
    Abraços a poeta, PB Almeida... minha sobrinha talentosa.

    • PB Almeida

      😀 thank you!

    • Edla Marinho

      Teve a quem puxar, essa menina!
      Encantada com seu bailarino, ele dançou aqui em meu quarto, embalou meu sono.
      Muito boa sua poesia, amei!!
      Excelente noite pra você,, meu abraço!

    • lucita

      Acordei, orei e vim a este palco de tão belo ato . O balé poético da menina poetisa e seu pequeno bailarino!
      Lindo. Não pare de bailar com sua inspiração...
      Bom dia!

      • PB Almeida

        Muito obrigada!! Fico muito feliz com seu comentario 🙂

      • Maria dorta

        Lindos e sensíveis versos. Que bom ser árvore para acolher nos ramos inesquecíveis bailarinos alados. Aplausos!

        • PB Almeida

          Obrigado pelo comentário, as vezes somos arvores e as vezes somos passaros. 🙂

        • LEIDE FREITAS

          Belíssimo poema!

          • PB Almeida

            Obrigado!

            • Shmuel

              E minha sobrinha Leide Freitas.

            • Hébron

              Um belo poema, com interessante enredo!
              Parabéns, menina poetisa!
              Abraço

              • PB Almeida

                Muito obrigada pelo comentário. Abraço!

              • Ernane Bernardo

                Belíssimo poema, aplausos, poetisa PB Almeida, recorte:

                "... Meu pequeno bailarino
                Quero te por em meu bolso e te levar comigo
                Te contaria mil histórias pelo caminho
                Mas como um pássaro você voa livre
                E eu sou apenas uma árvore onde você pousou por um dia
                Descansou suas asas, fez de mim sua moradia
                E foi embora deixando apenas uma saudade que talvez virasse poesia."

                Bom dia, abraços poéticos.

                • PB Almeida

                  Obrigado pelo comentario 😀

                • Ricardo Vitti

                  "... O bailarino só bagunça o camiho por amor e por ter avistado no jardim mais excelso uma bela flor, e a mais bela de todas que em suas escritas faltou espaço para compor." Lindo poema, adorável em cada verso. Parabéns poetisa! Abraço.

                  • PB Almeida

                    Muito obrigado pelo comentário 🙂



                  Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.