Vlad Paganini

ESPÍRITO DE AMOR



ESPÍRITO DE AMOR

 

Minhas poesias são como asas

Música, dança, coito, harmonia e sintonia

Meus versos são como uma lagarta que desabrocha e voa

Saem do fundo do meu coração

 

Minhas rimas não são rimas são esgrimas

Espadas que lutam pelo amor e a paixão

Minhas estrofes, ahhh minhas estrofes

São como flores brancas amarelas vermelhas e violetas

Coloridas, jasmim-borboleta

 

Não ocupo o vazio sou de carne e osso e alma

Há em mim tanta leveza por isso não encontro em meu coração a tristeza

Meus passos são como plumas, voam

Meus poemas gritam mas num som de amor de redenção

 

Hoje percebo meu espírito meu vento meu vendaval

E me entrego nesse temporal

Não sou solitário tenho um espírito evoluído que me acompanha

Que voa aqui dentro do meu íntimo sem medo

 

Eu estava adormecido no matagal

Hoje viajo no mar no jardim no rio e no riacho que escorre água límpida

Deus me fez assim eu é que não sabia

 

Eu sou corpo e alma

Espaço tempo e imensidão

Reatei com o viver com o amar com o meu amar

Me olho no espelho e me transformo e me entrego sem pudor

Hoje sei que eu sou o mais puro amor

Fui gerado por ele

E dele, desse amor quero o mesmo

 

Foste tu que não sabe amar que me fez enxergar

E sem saber me deu asas pra voar

E conhecer a fundo quem realmente sou

Verso, poesia e calor

Espírito de amor

Vlad Paganini

Comentários3

  • Jucklin Celestino Filho

    Vlad Paganni, que lindo seus versos, um hino ao amor. Você valoriza o verbo amar. Extrofe a estrofe, a essência suave, eloquente , do teu poema,! Meu caro, você brinca com as palavras, as coloca com maetria, pinta e borda a poesia.
    Parabéns!
    Abraço.
    Bom dia!

    • Vlad Paganini

      amigo e poeta Jucklin, muito grato por suas palavras. abraços poéticos

    • Nelson de Medeiros

      Bom dia poeta.
      Sempre muito bem na fita com seus poemas bem delineados para passar a mensagem desejada.
      1 ab

      • Vlad Paganini

        eu que agradeço por sempre estar presente a admirar e ler os meus versos, abraços poéticos amigo poeta.

      • Shmuel

        Quanta consciência poeta! Um poema inteligente e feito com a alma.
        Parabéns, ao Conde da Poesia, Vlad Paganini!

        • Vlad Paganini

          Shmuel gratidão sempre pelo seu carinho. Escrever poesia é o que encharca e acalma meu coração. abraços poéticos poeta.



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.