Poesia, Eu Sou iamai

Cringe Louka

“Não me lembro bem,
nem reflito se é menos,
tanto faz se é mais,
divididos dá no mesmo…”

 


Na vida alheia que é notícia...
Chuto a desimportante cringe¹...
Amo tudo que arremessei longe...
Vivo todas as minhas trapalhadas...
Assumo as gargalhadas incontidas...

De todas as irreverências estúpidas...
De todas as surpresas estapafúrdias...
Por tantas vezes que perdi a respiração...
Por tantas vezes que desmedi toda noção...

De trejeito aloukado,
amo mais quando insano...
O dia só tem sentido,
quando me engano...

Pertenço a loukura,
que se veste em mim...
A vida só é perfeita,
quando se perde a certeza...

Como não!!!???

Por aqui, por ali e por si,
Sem prumo e direção...
Não ter fé no futuro,
É pertencer ao descontrole...

Está ficando alucinado...
Está ficando louko?
Provavelmente!


A única esperança é que a senilidade,
trate bem os nossos amores;
- Essa é a única vibe!


iamai

¹ Cringe

Você sabe o que é “cringe”? A palavra de origem inglesa significa “vergonhoso”, “estranho” e é a maneira como a geração Z costuma denominar tudo que traz “vergonha alheia”. A gíria diz respeito principalmente aos costumes da geração anterior “millenials ou geração y”. O colunista Matheus Pichonelli analisa as mudanças de gerações e avisa a nova que vem aí: os alfas.

O que é "cringe"? Conflito de gerações vira assunto nas redes sociais

https://www.youtube.com/watch?v=BEBdHee7tvc

  • Autor: Poesia, Eu Sou iamai (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 22 de Outubro de 2021 14:20
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema:
  • Shmuel.

Comentários4

  • LEIDE FREITAS

    Interessante.

  • Shmuel

    Li e reli! Muito top esta poesia.
    Abraços!

    • Poesia, Eu Sou iamai

      Que bom... fico feliz que gostou!
      Grato, muito grato!
      🙂

    • Claudia Casagrande

      muito boa! adorei!
      abraço

      • Poesia, Eu Sou iamai

        Claudia, fico sempre feliz pela sua leitura.
        É uma honra!
        🙂

      • Lisemarie

        Nada melhor que o tempo para nos roubar as "certezas". E nesse tempo estão todos os conceitos e os pré conceitos de tudo, naturalmente tornando esses "tudos" em preconceitos. Vivas para a "vibe" de cada um.
        Na verdade, cringe é ser... cringe! Adorei!



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.