Ana Vilarejo

Ele

Ele 

Chama
O meu nome 

Com fome
Fome de amar

Nele fixo
O olhar

E digo
Impecável

Nos meus
Dizeres

Jejuns?

Mas
Tenho sede

Ele diz
Venha cá

Minha
Pequena

Beba deste
Vinho um cálice

Beije-me
Com o seu amor

Não fique
Longe

Agora
Estou aqui.

_ Ana Vilarejo



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.