wesley santos rabelo

Silêncio


Aviso de ausência de wesley santos rabelo
NO


Ela tem o dom de machucar com o silêncio.
É como uma barreira invisível, espinhos que perfuram o coração.
Sobrevivo ao silêncio, mas as feridas continuam a se abrir.
Permita que eu chore em meu silêncio.
Mas não permita que teu silêncio continue sendo minha dor.
O silêncio é um mar sem ondas.
É o céu sem estrelas.
Para uns o silêncio é ouro.
Para outros é sabedoria.
Mas para quem ama, pode ser tortura.
O ponto final de uma história.
Silêncio são “palavras” na calada da noite com intenção de afogar um sentimento.

Comentários1

  • Edla Marinho

    Boa tarde, Wesley.
    O silêncio tem nuances distintas em momentos desiguais...
    Feliz tarde de domingo!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.