Pansley

NÔMADE

Viva a vida, viva sua verdade;

Supra seus desejos, sua felicidade.

 

O futuro é preocupante, te consome

mas o presente é tão lindo e reconfortante.

 

Vivo de histórias, vivo de caminhos.

Vivo de momentos, vivo de destinos.

Carrego minha casa em mim

Querido corpo, morada reconfortante.

Espirito livre em terra abundante.

 

Acumulo pores do sol, 

Guardo cheiro de maresia,

Possuo essência e Expresso pura poesia.

 

Cama de grama; teto de estrelas.

Espírito livre elevado em tanta riqueza

que de cifrão em cifrão;

que pena;

Vai perdendo toda sua beleza.

 

 

  • Autor: Pansley (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 13 de Maio de 2020 12:07
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema: Adriele Bernardi.

Comentários2

  • Adriele Bernardi

    Q fantástico! Representa muito minha filosofia de vida. Aproveitar minimamente os momentos, os detalhes da vida e não o q se pode comprar, mas o q se pode sentir. Poema lindo, rico, calmante. Acho q vou ler de novo haha

    • Pansley

      Essa filosofia de vida funciona como um mantra para uma vida mais feliz!! Fico contente em saber que consegui passar um pouco dessa essência por palavras. Obrigada

    • Camila Fiorentini

      Muito belo o poema. Eu reflito que as vezes o ser livre não é aquele que faz o quer na hora que quer. E sim aquele, que vive intensamente, aproveita os mínimos detalhes, faz descobertas. Aprende todos os dias, ama todos os dias. Muito Bom!

      • Pansley

        Penso exatamente igual, quando se vive em verdade com você mesmo qualquer momento pode ser intenso e liberto. Fico feliz que tenha gostado. Obrigada!



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.