Sarinhacosta

A Beira-Mar

A beira-mar é olhares que brilham e

Encantam as águas cristalinas do mar.

 

 A beira-mar são sorrisos que se encontram

E trazem paz e calma para esse abrigo

Que chamamos de lar.

 

A beira-mar é sentir a falta do sujeito,

Enquanto existe apenas um predicado sozinho

Procurando por complemento para a oração se sentir

Completa dentro daquela situação.

 

A beira-mar é encontrar alegria e

poesia em meio ao caos.

 

A beira-mar é a simplicidade dos

pequenos detalhes do dia a dia.

 

A beira-mar é sentir a magia do verbo Amar

E o silêncio dos pensamentos

Eletrizando os sentimentos.

 

A Beira-Mar é um beijo molhado

De um momento eternizado

Que ficou para trás.

 

Enfim, a beira-mar é estar, compartilhar, ousar,

Levitar, crescer e construir cada instante vivido

Acompanhado de um coração que determina uma

Explosão de emoções.

(Sara Lacerda)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários3

  • Maximiliano Skol

    À beira-mar, querida Sarinha, o Dorival Caymmi encontrou toda a sua inspiração pra a suas canções praieiras. Você foi tentada a sentir “explosão de emoções.”
    Lindo o seu poema.
    Um beijo.

  • Edla Marinho

    Gosto do tema... Da imagem sugerida em seus versos, menina poeta!
    À tardinha, então, os pensamentos parecem acompanhar as ondas que morrem preguiçosas na areia...
    Uma linda tarde pra você!.
    Meu abraço.

  • Cecilia

    Muito lindo, Sarinha, como tudo o que você escreve. Gosto muito de ler você. Abraço.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.