Raymundo Cortizo Perez

ÉS TU NA TUA NUDEZ

O poema se libertou de ti enquanto sorrias.

Observei de longe.

O encanto da beleza o absorveu como se estivesse

com sede e voou sobre o mar e se deteve na montanha.

A dança orquestral das palavras fluindo em luz

nos traços breves e em contornos beijava os teus seios

num balé secreto de dança divina.

És tu na tua nudez com a tua beleza.

Pensei.

És tu voando apaixonando o voo em cio das flores

germinando o fruto de doce pecado.

 

Comentários3

  • Ciro B. Oliveira

    Palavras leves e soltas, embriões de uma mente farta em criatividade. Toda mulher é uma poesia sem fim... Parabéns Poeta.

    • Raymundo Cortizo Perez

      grato pela sua leitura e pelo memorável comentário. gratidão

    • Barbara Guimaraes

    • Barbara Guimaraes

      Muito lindo! E viva a liberdade dos versos com toda sua beleza e magia...

      • Raymundo Cortizo Perez

        grato pela sua leitura, pela visita e pelo lindo comentário. abraços de poesia



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.