Jessica de Oliveira

SE SOUBESSES


Aviso de ausência de Jessica de Oliveira
NO

Se soubesses o valor de um sorriso de felicidade

Jamais chorarias de tristeza;

Se soubesses o valor de um bom diálogo

Jamais partirias para agressão;

Ah, se você soubesse...

Soubesse que o mar é traiçoeiro

Jamais te atirarias com tamanha confiança dentro dele;

Se soubesse que iria sair hoje e ser atropelado

Jamais te arriscarias;

E se soubesse que este seria seu último poema? O que faria?

De que adianta saber de tudo?!

A vida pode vir a qualquer hora e te tirar tudo

Da mesma forma que um dia trouxe

Ou, muito mais rápido do que os anos que você levou para conquistar...

É, realmente não sabemos de nada.

Comentários1



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.