Adriana Reis

Mentes Vazias

Pessoas com as mentes vazias

Procuram se encher de futilidades

Como se isso fosse uma garantia

De trazer qualquer tipo de felicidade

 

Acreditam no que é conveniente

Seguem qualquer tipo de gente

Com os olhos muitas vezes vendados

E os ouvidos quase sempre tapados

 

A vida é cheia de possibilidades

Com vários caminhos a seguir

Abandone um pouco a futilidade

Que você conseguirá evoluir 

Comentários2

  • Shmuel

    ..."Abandone um pouco a futilidade
    Que você conseguirá evoluir"...

    O referido é verdade e dou fé.
    Onde assino, poeta Adriana Reis!!!
    Abraços,

  • Jose Altofe Queirolo

    Muito bem colocado, poetisa, estamos vivendo numa era de conhecimento raso, interesses fúteis e valores descartáveis.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.