Jucklin Celestino Filho

QUE INFÂMIA !LUCRAR COM O VÍRUS (26/04/21)

Que infâmia, que contradição medonha,

Em plena pandemia a terrível agonia 

Que o mundo padece a fortuna dos 500

Mais ricos do mundo mais aumenta. 

 

Enquanto muitos sofrem, outros morrem,

Há quem lucra com doenças, com mortes. 

Que infâmia, que contradição medonha,

Em plena pandemia a terrível agonia!

 

Vemos a agrura, a impotência dos governantes 

Para lidarem com o inimigo invisível ,

E diga-se a lamentar, alguns estúpidos,

Ainda se descuidam, e se expõem ao virus!

Que infâmia, que contradição medonha !

Comentários3

  • Victor Severo

    Belas palavras, justa indignação.

  • Shmuel

    Faço das suas indignações as minhas, mestre Jucklin Celestino.
    Abraços ao

  • Maria dorta

    A derrocada dos que se intitulam " seres humanos". Uma vergonha!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.