Bruh Poesias e Luz

Meu bem...Você foi meu mal!

Meu bem,ah meu bem...

Você foi o ínicio de uma aventura que não foi planejada

Você foi a mais engraçada e irônica piada,seu jeito malandro de ser 

Sempre contrariando meu cotidiano mal humor,me arrancava escandalosas risadas...

Meu bem,se soubessêmos que nosso início seria o selo mal carimbado anunciando nosso fim

Teríamos sido mais felizes em nosso breve "pra sempre",enfim...E você não fugiria assim de mim

Meu bem...Você foi meu mal!

Foi o sentimento profundo na carne,sangrento na alma e na vida o aperto no peito que é infernal

Enquanto eu fui a paz do seu incansável e interno caos...

Bem-me-quer ou Mal-me-quer?

Enquanto você foi a solidão mais presente,eu era seu porto seguro e ainda em nosso amor,eu tinha fé...

Meu bem...Meu mal?

Te ouvir pedir "perdão,meu amor",é quase um ato imoral

Depois de me fazer mergulhar nesse abismo de loucuras

E da última valsa do nosso amor quebrado,no poço mais fundo da minha tristeza dei um salto mortal...

Meu mal...Você foi meu bem,a quem eu tinha apreço como nunca tinha sentido antes por ninguém

Meu bem...Você foi meu mal,como a vida dá voltas e a roda do destino gira

E a vingança é um feroz e faminto animal...Não se preocupe em dizer Adeus,ainda é um tchau!

Mas não pense que quero sua volta para o renascimento do amor,quero apenas que pague seus pecados implorando de joelhos meu perdão,afinal...

Meu bem...Você foi meu mal!

 

Autora: Bruh Luz e Poesia.

 

 

Comentários1

  • Gipaes

    Excelente! Profundo. Parabéns! ???

    • Bruh Poesias e Luz

      Obrigada pela gentileza colega poetisa!!!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.