Pansley

ABDUÇÃO

Bem vindo, viemos lhe levar

estava esperando por nós a muito tempo não é?

Me desculpe a demora, mas precisavam de você

vamos lhe devolver ao seu lugar de origem, você vai ver,

 não precisa mais se esconder.

 

Tire essa carcaça humana e entre na nave, aqui sua real forma não nos incomoda.

Vamos lá, chore. Não vamos duvidar da sua dor.

Nao precisa de mais nada, deixe tudo aonde está.

Esse mundo não é pra pessoas como você

Venha conosco, vamos voltar.

 

Diga Adeus as mentiras, diga adeus ao passado.

Nada disso importa lá.

Retome a sua forma, aquela de muito tempo atras, tenho certeza que se lembra.

Vamos retornar, pelo menos tentamos ajudar.

 

Talvez um dia a terra seja gentil, 

quando formos gentis com ela.

Talvez um dia possamos voltar,

Quem sabe um dia eles chegam lá.

Por enquanto, vamos retornar.

Humanos, boa sorte, este não é meu lugar.

 

 

  • Autor: Pansley (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 12 de Fevereiro de 2021 16:23
  • Comentário do autor sobre o poema: Esse poema é sobre não se encaixar, sobre se sentir diferente. Por favor, se você estiver se sentindo deprimido, não interprete esse poema para outro sentido. O fato de você estar vivo é maravilhoso e sua vida é muito importante. Não desista. Se precisar, me mande mensagem. Abraços.
  • Categoria: Fábula
  • Visualizações:

Comentários2

  • Shmuel

    Gostei do poema! Realmente uma verdade bem construída em um texto leve, mas que sintetiza o momento que vivemos, neste planeta azul.
    Abraços ,

    • Pansley

      Obrigada Shmuel , abraços

    • Cecilia

      Inteligente, interessante, muito bem escrito. Bravo, Pansley!

      • Pansley

        Obrigada Cecilia



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.