Jacson Tigre

Lado Poeta

 

Meu lado poeta 

Quer dizer tudo

Às vezes, nada. 

 

Meu lado poeta

Tem alma pura

Mas é desalmado.

 

Meu lado poeta 

É cristalino

E confuso.

 

Meu lado poeta

É doce

Mas insano.

 

Meu lado poeta

É nascimento

E falecimento.

 

Meu lado poeta 

É florescente

Por vezes, cadente.

 

 Meu lado poeta

 É só verdades

Sem muito drama. 

 

Autor: Jacson Tigre            

Comentários1

  • Maria dorta

    É assim mesmo a alma do poeta: cheia de antagonismo. Para ter mais clareza,escrevemos! E voce o fez bem. Aplauso!

    • Jacson Tigre

      Obrigado, saudações literárias!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.