rowasouza

UM VERME QUERENDO SER VERME


Aviso de ausência de rowasouza
NO

Um verme insignificante

Parou para rezar

Perguntando para Deus

Quando poderia andar.

 

Cansado de rastejar

Queria ar puro respirar

Sair de dentro do homem

E também homem se tornar.

 

Deus respondeu ao verme

Que ainda estava em oração

Muitos homens insatisfeitos

Querem ser mais que criação.

 

Agem muitas vezes contra

A outros filhos meus

Achando-se maior que gente

Querendo ser igual a Deus.

 

Tu que és tão pequeno

Foi te dado grande função

Deixar o homem no lugar dele

Promovendo sua educação.

 

Para o homem se lembrar

Que sofisticadas armas

Não conseguem eliminar

Os pequenos agentes do carma.

 

O verme nunca havia pensado

O que tinha como missão

Agradeceu muito acanhado

Orgulhoso da ocupação.

  • Autor: ROWASOUZA (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 19 de Janeiro de 2021 18:33
  • Comentário do autor sobre o poema: O valor que tem cada coisa nesse mundo: Mesmo que não seja grande coisa, alguma coisa já é!
  • Categoria: Fábula
  • Visualizações:


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.