Ernane Bernardo

Lua de Prata

 

Lua de Prata

 

A lua me fez vê, que por trás das nuvens

O quão era bela, pois nem mesmo as nuvens

Conseguiu esconder sua beleza infinita

Fez-se magnífica luzente, lua de prata! 

 

Alumiando a noite fez-se o céu, enluarada

Vieram as estrelas, galantear o brilho do luar

Trouxe a luz para encantar sua nobreza

Fez aumentar o deleite num expressivo olhar!

 

Me fez devanear nesse encontro surreal

Na cosmologia universal, fez envaidecer

A luz do luar, vieram as estrelas apaixonar

Na transparência que o amor pode causar!

 

Tanta beleza fez meu coração aviventar,

Fez enobrecer o que era resistente no olhar

Lua de prata, encantou os olhos do poeta

Fez valer cada sentimento, sua magia escrita!

 

_ Ernane Bernardo

  • Autor: Ernane Bernardo (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 8 de Janeiro de 2021 10:33
  • Categoria: Surrealista
  • Visualizações: 17

Comentários3

  • Maria dorta

    Bravo,poeta! É bom ainda sonhar!

    • Ernane Bernardo

      Bom dia poetisa Maria Dorta, grato por seu comentário, abraços

    • Jose Fernando Pinto

      Muito bom Ernane, parabéns!

      • Ernane Bernardo

        Gratidão meu amigo poeta J. Fernando por sua leitura, bom dia, forte abraço

      • JOHNNY11

        Muito bom!

        • Ernane Bernardo

          Gratidão por sua leitura aqui no meu espaço, bom dia, abraços



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.