Priscila Ribeiro

O Rei

Deixou todo esplendor de sua glória,

transformou para sempre a história

esperavam rei vestido de ouro

veio despido de todo tesouro.

 

Rei tão esperado, o mais desejado,

vivia humilde e nada adornado.

Era terra seca, beleza não via

nenhum olho sequer o percebia.

 

Enfrentou longa e penosa viagem

buscou abrigo por toda estalagem,

mas nenhuma hospedagem havia 

lugar só na tão pobre estrebaria.

 

No palácio o Rei não fez passagem

trouxe ao mundo tão pura mensagem

formado com tal simplicidade

que olho nenhum via o Rei em verdade.

 

Usou pesada coroa de espinho

mostrou a todos perfeito caminho

amou-nos com tamanha perfeição

não nos tratou com qualquer distinção.

 

Seu Ser nos amou assim por inteiro

provou ser filho do Deus verdadeiro.

Sozinho ficou a sofrer grande dor, 

crucificado, mas perdoou o traidor.

 

Hoje em seu coração quer sim nascer,

revelar-se por inteiro a você.

O amor mais sublime e verdadeiro

que nunca se viu no mundo inteiro.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.