Hébron

Amor multicolor


Aviso de ausência de Hébron
NO

 

Minha alma percebe amor multicolor!

Meu paladar não percebe cor
Percebe apenas sabor
Sabor da humanidade

Meu tato toca tanto
Toca o branco
Toca o preto
Cor não revela defeito

O aroma da humanidade é meu cheiro
Em qualquer chão, em qualquer terreiro
Sem sentido de tons
É a fragrância da diversidade
A cor não define dons

Escuto uma canção que toca meu coração
Em notas tocadas, indiferentes de raça
Por qualquer um que tenha o dom da harmonia
Escuto uma orquestra, uma sinfonia
Tocada por qualquer sopro, por qualquer mão
Cordas de violas, canto de flauta, tambores

Minha visão!
Minha visão vê diferença, vê diversidade.
É o único sentido que me privilegia a beleza das cores
Enxerga sem distinção
Do amarelo ao vermelho
Do branco e do preto!
Sentido abençoado a visão!

Minha alma percebe amor multicolor!

 

Comentários1

  • lucita

    Os cinco sentidos, mais um...
    A SENSIBILIDADE HUMANA!
    Parabéns pela bela partilha!

    • Hébron

      Muito obrigado, Lucita!
      Abraço!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.