Fala Daniele

Bom amigo


Olha você já foi a mais pura verdade que habito em mim, a mais pura e crua, aqui eu queria que nunca se fosse.. e nesse momento eu não sei aonde você está, nem se ainda frequenta aquela esquina que vende aquele bolo maravilhoso que você comprou pra mim, quando eu tinha apenas 7 anos. Eu queria saber, queria que você fosse o meu pai, queria. Porque em apenas em dois dias você fez oque o meu pai não fez por mim. Me lembro muito bem de está sentada com você fora de casa no tronco de um coqueiro e você me falou: olha a lua tem um formato de um homem no cavalo, quando estiver fora de casa a noite sempre a observe. Eu sempre observei, só que conforme o tempo foi passando eu cresci e não me importei mas.. mais agora estou aqui lembrando de você. E tentando saber para onde foi aquele bom amigo, será que está vivo? Será que ainda vai naquela esquina que vende aquele bolo maravilhoso? Só queria te dizer nesse momento que você foi uma parte de mim, e que sempre vai ser, vai está aqui dentro do meu coração, guardado pra sempre. Você nunca vai ser esquecido, mas sim relembrado por mim. Obrigado bom amigo, por ter transformado a minha infância em algo bom, algo que eu nunca me esquecerei, amanhã vou olha a lua e lembra daquela verdade nua e crua, aquela em que eu ganhei um verdadeiro pai por apenas dois dias, obrigado.


"Amigo, não se esquece nunca!
Fica preso no coração sua lembrança...
Que só sai quando a gente se vai!
Ou será que não se esquece um amigo...
Quando morremos?
Sei não, mas parece...
Que amigo é Infinito, nunca se esquece não"



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.